Transpetro: conheça nossos principais tipos de navios

Suezmax Transpetro

Fonte: Fatos e Dados

Em um País com mais de 7 mil km de costa e com 42 mil km de rios navegáveis, ter uma frota própria é estratégico. Com seus navios, a Transpetro garante tanto o escoamento da produção marítima como o transporte de petróleo e derivados, gás liquefeito de petróleo e etanol para abastecer os mercados nacional e internacional.

A Transpetro é reconhecida no Brasil e no exterior por sua excelência operacional, bem como por apresentar um dos melhores desempenhos ambientais do mundo.

A Companhia lançou o Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef) em 2004. A iniciativa prevê a construção de 49 novos petroleiros, além de 20 empurradores e 80 barcaças para o transporte fluvial, que ampliarão ainda mais a capacidade de transporte da Companhia. Os investimentos para garantir a qualidade da frota são permanentes. É por isso que a implantação de novas tecnologias, a busca pela excelência operacional e a capacitação constante dos empregados têm sido ferramentas essenciais para atender às demandas da Petrobras e garantir a autossuficiência também na logística de transporte da produção de petróleo.

Tanspetro


Suezmax

É um navio petroleiro para o transporte de óleo cru. Sua capacidade de carregamento está na faixa de 140 mil a 175 mil toneladas de porte bruto (TPB). Essa embarcação atende às limitações do Canal de Suez, no Egito: largura de 48 metros e calado de 17 metros. Entre os navios da frota da Transpetro, estão Ataulfo Alves, Dragão do Mar, João Cândido, Zumbi dos Palmares, entre outros.

tipos-de-navios-suezmax


Aframax

Também é um navio petroleiro para transporte de óleo cru, e sua capacidade de carregamento está na faixa de 80 mil a 120 mil toneladas de porte bruto (TPB). O nome é baseado na terminologia Average Freight Rate Assessment (AFRA), ou, em português, Valor Médio de Frete. Na frota da Transpetro, as Aframax são Fortaleza Knutsen, Navion Bergen e Recife Knutsen.

tipos-de-navios-aframax


Panamax

É um navio petroleiro para o transporte de óleo cru e produtos escuros. Sua capacidade de carregamento está na faixa de 65 mil a 80 mil toneladas de porte bruto (TPB). Essa embarcação atende às limitações das eclusas do Canal do Panamá. Os navios do tipo panamax encomendados pelo Promef serão shallow draft (calado reduzido), de modo a atender aos portos brasileiros. Entre os Panamax, estão: Dan Cisne, Pedreiras, Piquete, entre outros.

tipos-de-navios-panamax


Produtos

Esse navio petroleiro transporta produtos derivados de petróleo, como diesel, nafta, gasolina, óleo combustível e querosene de aviação. A capacidade de carregamento está na faixa de 30 mil a 50 mil toneladas de porte bruto (TPB). É destinado, prioritariamente, à navegação de cabotagem. Na frota de navios de Produtos, estão Celso Furtado, José Alencar, Sérgio Buarque de Holanda e outros.

tipos-de-navios-produtos


Gaseiro

Esse tipo de embarcação é construída para o transporte de gás liquefeito de petróleo. O navio é destinado, prioritariamente, à navegação de cabotagem. Entre os gaseiros da Transpetro, estão os navios Grajaú, Guarujá e Guaporé.

tipos-de-navios-gaseiro


Os navios acima são operados pela Transpetro. Para mais informações, acesse o site da subsidiária.

CURIOSIDADE:

E o navio-platatorma? O que é e por que o FPSO não entra nessa lista de navios?

O FPSO é um navio que provém, geralmente, da adaptação de um navio petroleiro em uma plataforma de produção, ou seja, da conversão do casco de um navio petroleiro. Diferentemente dos outros navios, que são responsáveis somente pelo transporte, o FPSO produz, armazena e transfere petróleo para os navios aliviadores, permanecendo posicionado sobre os poços produtores.

Floating Production Storage Offloading Unit é a sigla em inglês que identifica essa unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo. Os FPSOs têm capacidade para separar o petróleo do gás e da água durante o processo de produção, armazená-lo nos tanques de carga para, finalmente, transferi-lo para os navios que serão os responsáveis pelo seu transporte.

Quer saber mais sobre plataformas? Confira o post: Conheça os principais tipos de plataformas utilizados pela Petrobras

4 comentários em “Transpetro: conheça nossos principais tipos de navios

Deixe seu comentário