Energia renovável oficialmente ultrapassa os combustíveis fósseis

SolarSky_web_1024


Tradução: Pedro Gabriel | Fonte: ScienceAlert

O mundo acabe de passar por um ponto de virada – e um bom, só pra variar. De acordo com um relatório apresentado em Novara Iorque – EUA, nós estamos agora adicionando a cada ano mais capacidade de energia renovável do que carvão, gás natural e petróleo combinado.

De acordo com o relatório de Tom Randall para o Bloomberg Business, a troca ocorreu na verdade em 2013, quando adicionamos 143 gigawatts de capacidade de energia elétrica renovável, contra apenas 141 gigawatts de capacidade de combustíveis fósseis. E as coisas estão indo ainda melhor. A analise, que foi apresentada na conferência anual Bloomberg New Energy Finance – BNEF, previu que até 2030 a capacidade de energia renovável adicionado será quatro vezes maior que o potencial dos combustíveis fósseis, apesar do preço atual do óleo.

“O sistema de eletricidade está migrando para o limpo”, disse o fundador do BNEF, Michael Liebreich, no seu endereço keynote. “Apesar da mudança dos preços do petróleo e do gás natural, haverá uma expansão das energias renováveis que será provavelmente maior que a expansão do carvão e do gás natural.”

O gráfico abaixo mostra as previsões das capacidades de adição de energia para as próximas décadas, com a energia solar claramente em a “vencedora”.


Renewable Graph


Neste momento, a energia solar garante menos de 1% da eletricidade do mundo, mas isso pode mudar em breve. Apenas no mês passado, a “fazenda solar” da Austrália começou a alimentar o sistema com uma capacidade de abastecer mais que 30.000 cassas. O país também demonstrou que concentradas, suas usinas solares são poderosas o suficiente para competir com os combustíveis fósseis.

Nos Estados Unidos, a cidade de Texas está prestes a migrar para 100% de energia renovável. A Bec Crew relatou no mês passado para o ScienceAlert, a decisão não foi altruísta: “O carvão mineral está ficando muito caro o estado “deserto” está com falta de água, necessária para extrair a energia.”

A Costa Rica já até conseguiu se suprir inteiramente por energia renovável pelos primeiros 75 dias deste ano, e as fazendas de vento da China agora produzem mais energia que as usinas nucleares Americanas. De acordo com o relatório de 2014 pela International Energy Agency, a energia solar poderá se tornar a maior fonte de energia elétrica do mundo até 2050.

Clique nas imagens abaixo para ver a matéria completa destas cidades/paises.


 


 

Entretanto, o relatório do BNEF também mostrou que o progresso poder ser um pouco mais lento, a menos que o mundo aumente o seu investimento em energias renováveis. Mesmo assim, pela primeira vez a pergunta é “quando” e não “se”, e isso por si só já é uma ótima mudança.

Já imaginaram o impacto positivo disso para o nosso planeta?

Deixe seu comentário