Deepwater Horizon: o filme e os fatos

Por: Pedro Gabriel

Na próxima quinta feira, 10 de novembro, estreia no Brasil o filme Horizonte Profundo: Desastre no Golfo (Deepwater Horizon), dirigido pelo cineasta Peter Berg e estrelado por Mark Wahlberg, Dylan O'Brein, Kate Hudson, entre outros atores. O filme, baseado em fatos reais, conta a história de um dos maiores acidentes da indústria petrolífera mundial, a explosão da sonda de perfuração Deepwater Horizon, que culminou em um dos piores vazamentos de petróleo da história. Além do acidente em si, o longa da grande foco na luta dos trabalhadores embarcados que tentam se salvarem em meio a este terrível acidente.

Apesar de todos os aparetos, sistemas e processos de segurança abordo da plataforma, ao todo, onze pessoas faleceram no acidente.

Com isso, o filme acaba trazendo consigo o "dever" de honrar as vítimas do desastre. Segundo o próprio ator, Mark Wahlberg, essa foi 'a maior responsabilidade' da produção. "O petróleo, no fim, pode ser limpo, mas aqueles 11 homens não podem ser substituídos", disse Wahlberg à agência de notícias Reuters durante o evento de estreia (26/09/2016) do filme em Londres. "Foram pais, irmãos, maridos, tios, primos. Não podemos substitui-los, então quando conversaram comigo sobre fazer este filme, pensei: 'que maneira melhor de contar a história'", acrescentou.

Trailers


Além do filme, já foram produzidos alguns documentários contando toda a história da Deepwater Horizon, contando, inclusive, com a participação de pessoas que estiveram presentes. Abaixo, seguem dois deles para quem quiser conhecer melhor toda a história e os detalhes técnicos do acidente.

 

Oil Disaster: The Rig That Blew

 

Seconds from Disaster: The Deepwater Horizon

 

A British Petroleum - BP, concessionária que detinha os direitos exploratórios do bloco Mississipi Canyon 252, onde a Deepwater Horizon perfurava o poço de Macondo, também preparou um vídeo após a investigação interna da companhia com relação ao acidente, detalhando os fatos que culminaram na explosão da plataforma e no derramamento massivo de óleo no mar.

Em 08 de setembro de 2010, a companhia publicou um relatório de investigação sobre o acidente da Deepwater Horizon. O documento fica disponível online para quem quiser conhecer todos os detalhes técnicos envolvidos no acidente. A ideia de tornar este documento público é para que ele seja utilizado como um case de estudo e, principalmente, para podermos aprender com esses erros e não permitirmos que situações parecidas se repitam novamente, seja na BP ou em qualquer outra empresa do setor petrolífero. Para acessá-lo, clique aqui. Em julho deste ano, A britânica BP estimou que os custos do desastre irão chegar a um total de US$ 62 bilhões (quase R$ 201 bilhões).

 

 

Vídeo Report da BP

 


Acredito que todos temos uma boa expectativa quanto ao filme, tanto como uma boa obra "hollywoodiana" quanto uma bela homenagem as pessoas que envolvidas direta e indiretamente no acidente. Particularmente, quero muito assisti-lo.

Mas, e você? O que achou da ideia da adaptação deste desastre para as telonas?


 

Seguir o TecPetro por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para seguir o TecPetro e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Um comentário em “Deepwater Horizon: o filme e os fatos

Deixe seu comentário